Mídia de performance: o que é, como funciona e quais as vantagens?

Com a relevância da evolução digital, pequenas e médias empresas no Brasil vivem em um cenário muito competitivo e, por conta disso, procuram aumentar sua presença online. Para gerar novas oportunidades de negócios e atrair seu público-alvo, criam conteúdos relevantes para blog, site, social media, email marketing, investem em tráfego pago, entre outras estratégias. Isso é excelente, afinal, a transformação digital exige que o marketing potencialize a área comercial, afinal uma empresa precisa vender. No entanto, apesar de ser tudo muito interessante na teoria, o fato que decepciona os empresários é chegar ao fim do mês e perceber que todas essas ações não trouxeram resultado. Ou, pelo menos, não o esperado. Por isso, achamos relevante trazer uma solução para seu planejamento,  a mídia de performance. Com ela, fica fácil saber exatamente onde o dinheiro está sendo investido, traçar objetivos claros e analisar qual o retorno para o seu negócio.

Como empresário ou gestor de marketing, você também deve compartilhar deste cenário e ter como principal preocupação o ROI (Return Over Investment) retorno sobre o investimento. Isso significa que você não quer saber apenas de métricas em relatórios de marketing, mas de alcançar os objetivos traçados para um  resultado efetivo

Assim como muitos, já sabe que é preciso separar um budget anual para divulgação e passou a investir no marketing digital exatamente porque oferece a grande vantagem de possibilitar a mensuração de resultados, certo? Mas, com pouco capital para investir em publicidade e necessidade de resultados rápidos para conseguir reinvestir, é preciso ter nas mangas uma estratégia certeira, capaz de gerar resultados que impulsionem vendas em um curto período de tempo. 

Com tantas possibilidades que o marketing digital oferece aos negócios, sendo ele de qualquer segmento, é preciso ter um bom controle dos recursos e buscar sempre otimizar os investimentos. Caso contrário, a empresa acaba aplicando tempo e dinheiro em estratégias que não geram os resultados esperados. 

Diante disso, o que todo gerente de marketing vive em busca é de melhores técnicas e estratégias para alcançar os objetivos traçados pela empresa e sua equipe. Nesse contexto, uma campanha de mídia de performance se mostra um grande potencial. Um exemplo disso é que as atuais campanhas, focadas em estratégias de conteúdo, se amparam em mídias pagas, como o Google Ads, para alcançar melhores resultados.

Com a acirrada concorrência na Internet, as campanhas de divulgação de marcas, serviços e produtos, passaram a utilizar as ações de mídias pagas, como o Google Ads; Facebook Ads; Instagram Ads, LinkedIn Ads, Twitter Ads, Pinterest Ads e TIkTok Ads para alcançar seu público e obter resultados. Lembrando que, as campanhas voltadas para marketing de performance precisam ser bem segmentadas em relação aos públicos escolhidos.

Ter objetivo claro,  definir investimento, encontrar públicos de forma segmentada, testar canais e analisar números são o grande segredo da mídia de performance.

Quer entender como ela funciona e o que ela pode fazer pelo seu negócio? Então acompanhe a gente!

Iremos explicar aqui tudo o que você precisa saber sobre mídia de performance.O conceito e outras informações necessárias antes de definir a estratégia com a sua equipe ou agência de marketing digital. 

Você vai entender tudo sobre Mídia de Performance em 6 etapas. São elas:

  1. O que é Mídia de Performance
  2. Como analisar os resultados na Mídia de Performance
  3. Quais as vantagens de se investir em Mídia de Performance?
  4. Conheça as principais Mídias de Performance
  5. Como investir nos canais de Mídias de Performance
  6. Como mensurar suas campanhas de Mídia de Performance

Quer saber tudo? Então continue a leitura!

O que é Mídia de Performance

Mídia de Performance

Mídia de performance reúne estratégias em canais de mídia paga, por meio de anúncios voltados para um público-alvo específico, tendo um objetivo claro, para gerar resultados e atingir as expectativas do anunciante.

Os canais de mídia paga possuem a audiência necessária para ajudar o anunciante a alcançar seu objetivo, como: gerar leads, aumentar tráfego, conquistar reputação e seguidores, fortalecer marca, entre outros.

A possibilidade de mensurar as ações através do rastreamento do usuário permite avaliar pontos que devam ser alterados ou melhorados na estratégia. Isso quer dizer que é necessária uma otimização constante, para alcançarmos o melhor desempenho possível. 

Não poderia ser diferente, já que estamos falando de uma estratégia de performance! E a palavra performance já significa desempenho. 

“Se o objetivo de uma campanha não estiver claro, a estratégia quebra. Para performar tem que otimizar e isso nada mais é do que testar a estratégia, para que o objetivo se alinhe ao resultado. Aqui trabalhamos com análise de expectativa e realidade”, explica a especialista em performance digital da C3dweb, Francine Nunes.

Aqui podemos fazer uma brincadeira que irá ajudar você a entender o que é preciso saber para montar uma estratégia clara e objetiva: usando a metodologia 5W2H, já ouviu falar? 

Trata-se de um checklist de validação do seu plano de ação, em que você tem que responder as perguntas básicas: “o que”, “porque”, “onde”, “quem”, “quando”, “como” e “quanto”. Os 5W’s representam “What”, “Why”, “Who”, “When” e “Where”, enquanto os 2H’s representam “How” e “How much”.

Pensando numa campanha de anúncios no Google Ads, por exemplo, você planeja seu investimento, define os valores, os canais de comunicação, os responsáveis pelas ações e demais atividades. Ou seja, você cria uma estratégia em cima dos objetivos e fará a gestão disso, o acompanhamento.

  • What — O que será feito?
  • Why — Por que será feito?
  • Who — Por quem será feito?
  • When — Quando será feito?
  • Where — Onde será feito?
  • How — Como será feito?
  • How much — Quanto vai custar?

Entre as vantagens de utilizar esse método na sua empresa, está o cumprimento de prazos e tarefas. Isso envolve a otimização e mensuração da campanha, que será o próximo tópico a ser abordado.

Como analisar os resultados na Mídia de Performance

Para que as campanhas pagas alcancem os resultados esperados por você, que é gestor, e sua equipe de marketing e vendas, é preciso que eles sejam analisados constantemente por um analista. Isso é fundamental para avaliação assertiva do investimento; resultado efetivo nas vendas e também para que haja possibilidade de mudanças estratégicas rápidas, sempre que preciso.

É que não há receita nem garantias para o caminho certo no mundo dos anúncios. Aquele em que você irá obter todos os resultados desejados e exatamente no prazo e com o investimento que precisa. São mídias sociais, anúncios nativos, links patrocinados e muitos outros formatos disponíveis e possíveis de se utilizar para se divulgar na internet e todos eles dependem de variáveis que envolvem o usuário e o mercado. 

Pense que o conceito de alteração do algoritmo baseia-se na estratégia das mídias em trazer uma melhor experiência para o usuário, e gerar mais tráfego. Parece simples? Mas é aí que entra uma das vantagens de ter um especialista em performance: ele irá testar, e caso não esteja no caminho certo, irá realizar as mudanças rápidas para alcançar as metas definidas.

Portanto, para otimizar as campanhas da sua empresa é preciso que haja profissionais experientes envolvidos, que entendam os números e saibam analisar os resultados gerados nas ações estratégicas.

Mídia de Performance permite acompanhamento do seu investimento quase em tempo real

Especialmente nos tempos atuais, em que dados valem ouro, tendo ainda que ser manipulados com rigor e dentro da nova Lei de proteção de dados LGPD, é preciso que a agência de marketing digital e os profissionais contratados por você e a sua empresa saibam mais do que montar as campanhas de uma maneira correta e segura. É fundamental que eles saibam ANALISAR AS MÉTRICAS e, com base nos resultados obtidos, acompanhar e modificar, se necessário, as estratégias das campanhas e investimentos feitos nas mídias pagas. 

“Você precisa de um estrategista e de um analista que saibam  analisar as métricas das suas campanhas no Google Analytics e mensurar os resultados desses e outros anúncios, sejam eles nas redes sociais ou em qualquer outra plataforma”, explica o especialista em Marketing Digital e CEO da C3dweb, Alex de Oliveira.

Por que é tão importante analisar as métricas? 

Porque o que você não mede, você não melhora.  Métrica, no Marketing Digital, serve para mensurar resultados: o alcance, o engajamento, as vendas online, os cliques ou o aumento da lista da base de clientes da empresa Tudo depende do que vai se medir, de acordo com o planejamento e a estratégia da campanha e suas ações. 

Isso tudo, ao contrário do que se pensa e se propaga por aí, é algo que muitos profissionais do mercado não sabem fazer bem. Porque, “para conhecer como funcionam as métricas é preciso medi-las, registrá-las e compará-las. Ou até mesmo analisar, muitas vezes, várias métricas juntas para tomar decisões, atitudes e traçar ações de marketing baseadas em dados para a sua empresa (como com o uso do Sistema Big Date)”, exemplifica Alex de Oliveira, CEO da C3dweb.

É importante que sejam feitas algumas perguntas em cima dos dados analisados, tais como:

  • O que isso está impactando o crescimento da minha empresa? 
  • Isso está gerando barreiras de entrada para os meus concorrentes? 

Para você, empresário ou gestor de uma empresa, fica como missão apenas receber os relatórios, de preferência com dados positivos e enxutos. E decidir, após receber um direcionamento por parte dos especialistas, sobre a continuidade das estratégias e novos investimentos. 

Parece bom demais? Mas, assim deve ser, para que funcione, numa relação de confiança, feeling e análise de resultados para tomadas constantes de decisões.

A partir desse ponto de vista, você vai entender como utilizar a mídia de performance para o bem da estratégia da sua empresa e, assim, conquistar novos leads e clientes.

Ainda precisa entender melhor sobre essas vantagens? Então vamos lá!

Quais as vantagens de se investir em mídia de performance?

“A mídia de performance é como um combustível para decolar o helicóptero, afinal o que adianta comprar uma Ferrari e não ter dinheiro para colocar combustível? Ou seja, a mídia de performance permite que se alcance o objetivo, pois a mensuração é feita por meio de todas as ações de marketing digital.”, complementa a especialista de performance da C3dweb, Francine Nunes.

Ter a possibilidade de investir numa estratégia que lhe dá a oportunidade de acompanhar e ver o resultado é um ganho enorme para qualquer empresário ou gestor de marketing. Uma campanha em mídia de performance pode fornecer informações valiosas, como por exemplo, o número exato de cliques, conversão em leads e conversões em vendas. 

Veja o destaque, abaixo dos pontos positivos:

1- Capacidade de mensurar os resultados com exatidão

midia de performance - Ads

As campanhas de anúncios, quando associadas de forma coerente a um plano estratégico de marketing, irão agir como facilitadores na busca por resultados específicos. A grande vantagem é que eles podem ser medidos e acompanhados bem de perto. Com a mídia de performance, todos os indicadores de desempenho podem ser facilmente acessados e acompanhados para que o anunciante saiba exatamente o retorno gerado a partir do seu investimento.

Ao investir em uma rede de pesquisa do Google Ads, por exemplo, o analista e a sua empresa têm acesso a várias informações em tempo real, como o número de cliques no anúncio, o volume de buscas, as conversões, o valor gasto para cada conversão e, até mesmo, alguns dados sobre a competitividade da palavra-chave. Além de detalhar sua campanha, os dados ajudam a otimizar os resultados, alterando as estratégias para aproveitar melhor cada oportunidade do mercado.

2- Obtenção do melhor retorno sobre o investimento

midia de performance - ROI

Um dos índices mais importantes a serem considerados é o ROI (Retorno sobre o Investimento), que é uma relação direta entre o valor aplicado na ação, no caso, na Mídia de Performance, e o valor faturado de retorno. Quanto maior o ROI, mais interessante é a estratégia. Porém, não basta só calculá-lo, é importante saber como melhorá-lo e identificar se está ou não sendo satisfatório. Uma boa análise da campanha irá realizar esse apontamento para você.

Há, ainda, outro indicador importante: o ROAS (Retorno Sobre o Investimento Publicitário). Ele é muito similar ao ROI. Porém, enquanto este é usado para avaliar o retorno sobre o investimento geral do marketing, o ROAS é aplicado em campanhas, mídia ou ação específica, tais como grupos de anúncios. Ele é usado para saber se deve-se ou não continuar investindo em uma campanha, em uma mídia, ou até um serviço/produto. Nas campanhas, pode-se calcular o ROI, o ROAS ou ambos.

3- Personalização e segmentação de uma campanha

midia de performance

Uma campanha de mídia de performance pode ser totalmente personalizada. Nas campanhas do Google Ads, por exemplo, é possível configurar a campanha, começando pela definição do orçamento. A segmentação dos anúncios também traz muitas vantagens. O fato de que os anúncios podem ter um target muito bem definido contribui para o seu sucesso.  

Com um anúncio no Facebook Ads como exemplo, você define o visual do anúncio, a chamada para ação, o objetivo (se quer gerar uma venda, uma visita no site, cadastro ou demais alternativas) e o público de interesse, inclusive o semelhante. Depois define o investimento e o quanto quer e pode pagar pelos resultados que deseja obter. Com estratégias flexíveis e criadas a partir de uma necessidade, a mídia de performance se mostra como uma excelente opção para qualquer negócio, de qualquer setor e tamanho.

4- Otimização da performance da sua campanha

Para potencializar e otimizar sua campanha é preciso não se acomodar com ganhos e resultados e produzir e testar novas copy`s, afinal uma boa copy é capaz de multiplicar os resultados e alcançar o seu público-alvo. Os anúncios devem despertar curiosidade e interesse dos seus clientes. O analista deve testar novas alternativas (o que chamamos de teste A/B), com as imagens dos anúncios, cor dos botões, textos e chamadas para ação. Os valores de investimento, dias e horários de aplicação. Tudo isso pode ajudar a entender o comportamento do seu público.

De olho nos indicadores  você sabe se a campanha e seu investimento estão dando certo ou não. Claro que, sempre respeitando o tempo médio de reação da campanha após ter sido criada e publicada. Após esse tempo, é possível investir e reinvestir de acordo com o resultado e testes realizados, inclusive aplicando testes A/B, uma maneira bastante rápida de medir a reação do público em cima de um anúncio.

Conheça as principais Mídias de Performance

As mudanças são constantes e a sua empresa também precisa ousar e entrar para esse mercado digital, investindo em Performance nas Mídias Pagas. Afinal, é praticamente impossível que o seu cliente em potencial não esteja em alguma rede social. 

Além do mais, todas elas possuem plataforma de anúncio. Basta ter conhecimento para identificar as melhores opções e, assim, criar um plano estratégico ideal para a sua empresa. Afinal, ao contrário dos antigos anúncios em outdoor, jornais, revistas ou TVs, com as Mídias de Performance é possível realizar ajustes na estratégia rapidamente e mensurar o retorno dos investimentos. Como você só paga a partir de uma ação, a garantia de um bom retorno é maior. 

Veja as principais mídias que você pode anunciar:

  • Google Ads: é a ferramenta de criação de campanhas de links patrocinados no maior buscador da internet, com objetivo de exibir seus anúncios na rede de pesquisa, display, remarketing, mapas, shopping, entre outros. O Google Ads disponibiliza a veiculação de anúncios através de palavras-chave, região, interesse, comportamento, dispositivos,  entre outros critérios. Também permite que seja criado um orçamento diário, através de lances definidos pelo analista para performar, seguindo estratégias de obtenção de cliques, conversões, views, ROAS, e outras métricas que possam otimizar os resultados.
  • Facebook Ads: a ferramenta de anúncios do Facebook também possibilita a veiculação de anúncios no Facebook e Instagram para o público-alvo. Nessa plataforma, a segmentação das campanhas criadas torna-se ainda mais importante, porque o algoritmo do Facebook é voltado para a criação de uma experiência personalizada. Além de alcançar um público de interesse, ainda dá a opção de trazer públicos semelhantes, ou seja, aqueles que tenham o mesmo comportamento. Dentro do conceito de mídia de performance, o usuário paga de acordo com os resultados recebidos.
  • Instagram for Business: ferramenta, criada para realizar campanhas no Instagram, permite a criação de anúncios e pagamento de acordo com o tempo em que ele fica no ar ou pelas conversões realizadas. Além disso, fornece métricas importantes do perfil da sua empresa. 
  • YouTube Ads: É possível anunciar nesta plataforma, através do Google Ads por meio de vídeos, banners ou pesquisa, alcançar as pessoas quando elas estiverem na página inicial do YouTube, pesquisarem assuntos específicos ou antes e durante o vídeos que seu público estiver assistindo, como um comercial de televisão. A vantagem de anunciar no YouTube é que é possível selecionar em quais canais o seu anúncio irá aparecer, o que ajuda muito na hora de segmentar o público. Porém, eles são baseados no custo por clique. Ou seja, cada vez que alguém clicar – independente de comprar ou não – ele é cobrado. Existe, porém, uma maneira de reduzir esse custo por clique, que é aumentando as chances de conversão a cada clique.  Isso faz parte das estratégias que estamos falando aqui.
  • LinkedIn Ads: a rede social para uso corporativo também possui uma plataforma de anúncios bastante completa. A principal vantagem de investir numa mídia de performance como o LinkedIn é poder segmentar os anúncios da sua empresa por profissão, cargo e até mesmo empresa. Ou seja, se o seu produto é voltado para um profissional ligado a um cargo definido, por exemplo, gerente de assuntos internacionais, seu anúncio ficará mais bem segmentado no LinkedIn do que em outras plataformas.
  • Twitter Ads: essa rede social é destinada para todos os tipos de anunciantes, com muitas funcionalidades, para os diferentes tipos de anúncios: Anúncios Promovidos, Anúncios para Seguidores e Trend Takeover. Eles aparecem a cada vez que o usuário entra ou sai da mídia social. O Twitter também pode personalizar anúncios com base em informações coletadas, o que ajuda a identificar públicos de interesse, sendo possível diversas segmentações e definições de públicos. 
  • TikTok Ads: o Tik Tok é uma rede social que vem batendo recordes de downloads no mundo, superando o Instagram nos Estados Unidos, porque permite aos usuários criarem vídeos divertidos, de até 15 segundos, de forma viral. A importância de anunciar nesta rede vai depender da análise da marca e seu público. Mas, se sua empresa foca em adolescentes, por exemplo, usar uma plataforma que concentra exatamente a faixa etária do seu público, pode representar uma taxa de atração e conversão bastante altas, mais do que em outras redes. 
  • Pinterest Ads: um dos maiores mecanismos de busca visual do mundo, o Pinterest é uma rede social visual que ajuda os usuários a encontrar ideias e referências em diversas áreas da sua vida, arquitetura, decoração, beleza, entre outros. Para as marcas, dentro de estratégias de Marketing Digital, ela pode ajudar a aumentar o engajamento e as conversões do negócio, pois já se tornou  um grande catálogo de referências. A sua marca pode aparecer para se aproximar do público, reforçar seu branding e influenciar as decisões de compra dos usuários.

Se associadas dentro de um plano estratégico de marketing, as campanhas de anúncios facilitam a obtenção dos resultados traçados. Agora, entenda melhor como funciona a cobrança desses anúncios.

Como investir nos Canais de Mídias de Performance

Temos que pensar que o grande diferencial da mídia de performance é o de seguir um objetivo específico e definir um prazo para alcançar o objetivo traçado. Para isso, é preciso escolher os melhores KPIs (Key Performance Indicator), ou seja, os Indicadores-Chave de Performance. 

Os indicadores de desempenho essenciais devem ser definidos pelo gestor para acompanhar a evolução das ações e resultados no seu negócio. Com eles, você descobre o que está e o que não está funcionando na gestão da sua empresa. Dessa forma, é possível traçar as modificações necessárias para atingir objetivos pré-estabelecidos.

A definição do objetivo é muito importante, pois isso muda alguns aspectos dos seus anúncios, como a chamada para ação.

Como mensurar suas campanhas de forma efetiva

Já falamos de ROI e ROAS, mas é fundamental que você saiba quais métricas acompanhar para mensurar suas campanhas em estratégia de mídia de performance. . Para se ter resultado em qualquer das estratégias citadas acima, os números precisam ser acompanhados e interpretados. Afinal, a eficiência está relacionada à capacidade de direcionar cada campanha para uma audiência específica, que esteja em conformidade com o objetivo final. 

Para mensurar os resultados existem algumas métricas padrão de desempenho. 

Pensando no orçamento, é preciso estar atento ao melhor aproveitamento do orçamento e na escolha dos parceiros. Já na divulgação da marca, as principais métricas são número de visualizações, alcance das campanhas e aumento de pesquisas orgânicas.

Basicamente, você precisa acompanhar:

  • Impressões: número de vezes que o anúncio foi exibido;
  • Cliques: número de cliques que o anúncio recebeu;
  • Conversões: número de ações que o anúncio gerou;
  • CPM: o custo por mil impressões representa quanto custa um anúncio em pacotes de mil impressões/ visualizações;
  • CTR: a taxa de cliques dos anúncios é que validam o interesse da audiência pelo conteúdo. Para chegar nele é preciso dividir o número de cliques pelo número de impressões do anúncio;
  • CPA: o custo por ação mostra quanto cada conversão custou para o cliente. Para chegar no valor, basta dividir a verba gasta pelo número de conversões;
  • CPC: o custo por clique metrifica o quanto o cliente gastou por cada clique. Ele é calculado com a verba gasta sendo dividida pelo número de cliques.

Cada uma destas formas de metrificação deve ser analisada conforme o público e o objetivo da campanha. Portanto, a melhor forma de se obter métricas positivas e gerar resultados é usar todos os recursos das mídias a seu favor, e selecionar as melhores estratégias para seu negócio. 

Como aplicar mídia de performance ao meu negócio?

Especialmente para pequenas e médias empresas, a mídia de performance traz resultados muito satisfatórios, pois se preocupa em alcançar metas e mensurar resultados, otimizando campanhas a fim de aplicar seu investimento em plataformas de anúncios que gerem um maior resultado.

Existem algumas dicas para que a sua campanha de anúncios seja focada em parâmetros importantes, são elas:

  • Trace estratégia bem definida: antes de investir no marketing de performance, é importante que seu plano estratégico esteja muito bem alinhado. Para isso, você precisa entender qual é a sua persona, quais são os objetivos a serem conquistados com as ações digitais e o que você pretende fazer para atingi-los.
  • Tenha objetivos claros: há uma série de resultados possíveis para o marketing digital. Entendê-los e ter muito claro em mente sobre o que a sua empresa necessita é essencial para construir uma boa estratégia de mídia de performance.
  • Conheça seu público: para uma estratégia efetiva de segmentação, você deve entender muito bem quem é o seu público-alvo. Realize pesquisas internas, escute os anseios de seus clientes, analise a postura de seus concorrentes e informe-se sobre a área.
  • Acompanhe de perto sua campanha: os anúncios e todas as ações que os envolvem devem ser acompanhadas por meio de métricas e indicadores. As métricas são valores brutos, como o ROI (Retorno sobre o Investimento), portanto, não podem ser usadas, de forma isolada, para decisões estratégicas. Já os indicadores são determinados de acordo com seu objetivo. 

É importante entender, portanto, o nível de personalização de uma campanha de marketing digital, já que os públicos têm um papel mais ativo nas redes. A C3dweb analisa cada empresa e segmento para entender quais são os melhores indicadores e mecanismos de ação para cada campanha.

Esperamos que esse conteúdo tenha ajudado você, assim como ajudamos tantas outras empresas. Aproveite e baixe o material que fizemos para ajudar a ter uma boa equipe na hora de montar suas estratégias de mídias:  Guia completo para contratar melhores fornecedores

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media

Destaques

Receba nossa newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades

Não enviaremos spam para o seu e-mail

Posts relacionados

Como transformar leads em clientes

O gerente de marketing é pressionado por todos os lados, começando pela diretoria e CEO, que nem sempre acreditam nas estratégias usadas para atração de

Open chat