A C3dweb acaba de conquistar uma parceria com a B2W, um dos maiores marketplaces do Brasil. Isso significa que, se você fez a plataforma da sua loja virtual conosco, agora, poderá integrar o seu e-commerce com a B2W e começar a comercializar seus produtos nessas plataformas. Além disso, separamos um pequeno guia para ensiná-lo como vender no Submarino, na Americanas.com e no Shoptime e, dessa forma, conseguir aproveitar melhor os benefícios da parceria para o seu site empresarial ou e-commerce!

Neste artigo, vamos mostrar o passo a passo para se cadastrar na B2W, mas, primeiro, explicaremos o conceito de marketplace e discutiremos algumas vantagens e desvantagens desse modelo de negócio. Não deixe de conferir!

O que é marketplace?

A principal diferença entre o marketplace e uma loja virtual é que, na loja, a empresa vende os seus próprios produtos. Já o marketplace funciona como um shopping center virtual: nele, você encontra diversas lojas (sellers), muitas vezes, vendendo os mesmos produtos por preços diferentes.

A grande vantagem para o consumidor é que ele consegue comparar os estabelecimentos e escolher o melhor produto pelo menor preço, além de poder comprar itens de diversas lojas diferentes e pagar o frete apenas uma vez.

Quais as vantagens para o comerciante?

Visibilidade

Os grandes marketplaces do Brasil reúnem alguns dos sites de compras mais acessados do país! No caso da B2W, são lojas como Submarino, Americanas, Sou Barato e Shoptime, mas existem outros, como a CNova, que reúne grandes marcas como Extra, Ponto Frio e Casas Bahia. Você pode aproveitar o grande tráfego que esses sites recebem e, assim, a sua loja passará a ser conhecida por um público mais amplo.

Credibilidade e autoridade

Para quem tem uma marca pouco conhecida no mercado, com certeza, é vantajoso que seus produtos apareçam na vitrine dos maiores sites de e-commerce, pois os clientes terão mais confiança ao comprá-los em plataformas com maior autoridade. Além disso, enquanto sua empresa não se consolida no mercado, é uma boa opção para obter rentabilidade.

Search Engine Optimization (SEO)

Os grandes marketplaces sempre aparecem nos primeiros resultados das buscas e, consequentemente, seu produto terá mais visibilidade nos buscadores. Seu e-commerce poderá ficar melhor indexado no Google, contribuindo para aumentar, inclusive, as vendas diretas da sua loja virtual própria.

Estrutura

Como os marketplaces investem muito em estratégias de marketing de atração, os sellers podem focar mais nas vendas e na gestão de seus negócios. A tecnologia e a segurança ficam por conta dessas plataformas, bem como a responsabilidade pela experiência de navegação e pelas formas de pagamento.

E as desvantagens?

Confira, a seguir, as desvantagens da medida:

  • concorrência: nos marketplaces, você encontrará várias outras lojas vendendo o mesmo produto, muitas vezes, por um preço mais barato e por melhores condições. Para contornar a situação, invista em fotos de alta qualidade e em uma descrição completa e atraente de cada item;

  • taxas: em troca da exposição dos seus produtos em suas plataformas, os marketplaces ficam com uma porcentagem de cada item vendido. Na B2W, por exemplo, essa taxa é de 16%.

Quero meu produto na B2W, como faço?

Os pré-requisitos para vender na B2W são apenas dois: ter uma pessoa jurídica e emitir nota por produto comercializado. Veja o passo a passo para se cadastrar:

  1. cadastre-se aqui com sua pessoa jurídica;

  2. preencha as configurações da sua loja;

  3. cadastre cada um dos seus produtos;

  4. aguarde seus itens aparecem em alguns dos maiores e-commerces do Brasil!

Se você já é cliente C3dweb, não precisa realizar os passos 2 e 3. Isso porque essa plataforma está homologada na B2W, bastando realizar a integração e, automaticamente, seus produtos serão cadastrados!

Vale ressaltar, porém, que, em relação ao passo 1, é preciso preencher alguns requisitos para se cadastrar na B2W, como ter:

  • CNAE de varejista — no momento, não é aceito o de Microempreendedor Individual (MEI);

  • e-CNPJ;

  • capital social superior a R$ 1 mil;

  • Sintegra para emissão de NF-e;

  • avaliação positiva no Reclame Aqui;

  • conta bancária vinculada ao CNPJ da sede da organização;

  • avaliação E-bit — essa funciona mais como um diferencial.

Lembrando que essa lista pode mudar ao longo do tempo conforme as preferências da B2W.

Como funcionam as vendas de produtos em empresas da B2W?

Após estar apto a comercializar pelos marketplaces Submarino, Americanas ou Shoptime, a cada venda realizada, a B2W fica responsável por realizar a análise de risco e de fraude na transação. Após elas serem validadas, sua loja virtual recebe um aviso com dados dos consumidores.

É preciso gerar as notas fiscais e cuidar das embalagens e envios dos produtos aos compradores dentro do prazo estabelecido, que, geralmente, é acordado no contrato.

Vale destacar que o lojista fica responsável por eventuais dificuldades na entrega das mercadorias, além de ter de fornecer suporte e realizar reenvios, trocas de produtos ou recebimento de devoluções.

Os repasses das vendas são feitos depois dos envios confirmados, podendo ser solicitados periodicamente. Aliás, eles são liberados já com os descontos das taxas cobradas pelos marketplaces.

É necessário ressaltar que a avaliação de cada consumidor interfere para o lojista obter mais ou menos destaque na plataforma, além de servir para uma eventual exclusão do marketplace.

Qual a importância de conciliar vendas do e-commerce próprio com as do marketplace?

É importante conciliar as vendas on-line do seu próprio e-commerce com as dos marketplaces, para não ficar tão dependente deles. Isso porque essas plataformas avaliam constantemente os sellers, podendo destacar mais ou menos alguns dentro do sistema de um momento para outro.

Caso você comece a elevar as suas receitas nesse meio e passe a contar exclusivamente com elas, poderá ter uma surpresa desagradável, já que esses sistemas podem mudar as regras e isso afetar negativamente suas vendas. Por isso, é preciso equilíbrio. Deve-se investir também em sua própria loja virtual.

Como se destacar nos marketplaces da B2W?

Anúncios da B2W são monitorados e catalogados por sua equipe. Por isso, é necessário tomar alguns cuidados para elevar a relevância e obter destaque na disputa com outras lojas nas plataformas.

Por exemplo, descreva detalhadamente os seus produtos e monte títulos com técnicas de SEO. As fotos utilizadas também precisam de boa resolução e não devem conter marca d’água. O cadastro precisa ser feito com o código de barras no padrão EAN (European Article Number).

Lembre-se de buscar sempre a melhor condição comercial em termos de preço e frete para receber destaque nas plataformas. É fundamental contar com avaliações positivas dos consumidores.

Entender como vender no Submarino, no Shoptime, no Sou Barato e na Americanas.com é importante para ganhar relevância no ambiente digital brasileiro. Afinal, esses marketplaces “emprestam” suas autoridades e estruturas, colaborando para a conquista de clientes e para o aumento de suas vendas.

Quer receber mais conteúdos com dicas e informações sobre e-commerce para otimizar a gestão e as vendas da sua loja virtual? Assine nossa newsletter e fique por dentro de nossos próximos posts!