Growth como alavanca de crescimento nas empresas

Growth como alavanca de crescimento nas empresas

A jornada para o crescimento empresarial não é simples e, diante da concorrência cada vez mais acirrada, encontrar metodologias que impulsione para o sucesso é essencial. No entanto, há uma palavra que se destaca como um verdadeiro catalisador para o sucesso: Growth!

Os conceitos de Growth Hacking, introduzido por Sean Ellis em 2017 em inglês e depois em 2018 no Brail evoluiu mas algo mais amplo do que apenas “hacking” para um crescimento acelerado. Passamos a chamar de Growth Marketing porque tem se tornado uma estratégia mais abrangente envolvendo vários setores de uma empresa além do marketing e vendas e impactando o time de produto, sucesso e até finanças.

No quarto episódio do nosso podcast, Play Growth, mergulhamos neste universo, explorando o Growth como alavanca de crescimento nas empresas e sua mentalidade de criar testes e como acompanhar e mensurar os resultados destes testes podem ser aplicados em qualquer empresa para impulsionar os negócios a novos patamares.

Continue a leitura e veja como alavancar o crescimento de sua empresa com estratégias de Growth.

O que é Growth?

No contexto de negócios e empreendedorismo, o termo “growth” refere-se ao crescimento da empresa em termos de receitas, lucros, número de clientes, presença de mercado e outros indicadores de expansão. Isso pode ocorrer de diversas maneiras, desde o aumento das vendas de produtos ou serviços, melhora na eficiência operacional até a expansão da base de clientes e entrada em novos mercados.

No entanto, o conceito de Growth transcende a mera expansão quantitativa. Ele se estabelece como uma abordagem estratégica que visa impulsionar o desenvolvimento de maneira sustentável. Mais do que simples táticas de marketing ou estratégias de vendas, o Growth é um catalisador poderoso para impulsionar o desenvolvimento das empresas a longo prazo, independentemente do seu tamanho ou setor.

Dessa forma, é necessário compreender o Growth como uma filosofia organizacional, uma mentalidade que permeia todas as áreas de uma empresa.

Você já ouviu falar em Growth Hacking? 

O termo “Growth Hacking”, criado por Sean Ellis, revolucionou a abordagem tradicional de crescimento empresarial, principalmente no ambiente digital. Ao contrário das estratégias convencionais, o Growth Hacking não se limita a um único departamento, mas é uma mentalidade que permeia toda a organização, visando um crescimento rápido e escalável.

No cerne do Growth Hacking está uma abordagem orientada por experimentos e criatividade, buscando identificar as estratégias mais eficazes para impulsionar o crescimento. Em vez de depender exclusivamente de grandes orçamentos de marketing, o Growth Hacking procura maneiras inovadoras de alcançar e engajar o público-alvo, muitas vezes utilizando recursos limitados.

Falar de Growth Hacking é falar de uma mentalidade aberta a criar testes e experimentos para encontrar as melhores soluções para os problemas. Isso pode impulsionar empresas a encontrar novas oportunidades de crescimento e se destacar em um mercado cada vez mais competitivo.

Como iniciar o growth

Growth como alavanca de crescimento nas empresas

Iniciar uma estratégia de Growth Hacking requer mais do que apenas vontade e criatividade. É necessário elaborar a metodologia de forma estruturada e disciplinada conforme as necessidades de sua empresa para alcançar resultados tangíveis.

O Growth exige um pensamento inovador e uma mudança de mentalidade. Isso significa sair da zona de conforto e concentrar esforços na principal alavanca da empresa. Realizar testes e experimentos é essencial para identificar o que funciona e o que não funciona, aprendendo com os sucessos e tropeços ao longo do caminho.

Para iniciar uma estratégia de Growth Hacking, é fundamental seguir um processo. Aqui estão dos passos iniciais para começar:

Enxergue o seu cenário

De fato, às vezes, é difícil para os empreendedores se desconectarem o suficiente para analisar seus negócios de fora. Nesses casos, o primeiro passo pode ser a busca de ajuda externa de consultores, mentores ou profissionais. Um consultor ou mentor pode oferecer uma perspectiva imparcial e objetiva sobre o cenário da empresa. Muitas vezes, quando se está muito envolvido na operação, é fácil ficar preso em padrões e não perceber onde começar a fazer mudanças.

Defina indicadores claros para o seu crescimento

Definir indicadores claros para o crescimento de uma empresa é crucial para direcionar estrategicamente os esforços e avaliar o progresso em relação aos objetivos estabelecidos. Comece identificando os principais indicadores de desempenho (KPIs) que são mais relevantes para o seu negócio. Isso pode incluir métricas como Custo de Aquisição de Cliente (CAC), Valor Vitalício do Cliente (LTV), Taxa de Conversão, Churn Rate, entre outros.

Por conseguinte, defina metas claras e mensuráveis para cada um dos KPIs identificados. Essas metas devem ser específicas, alcançáveis, relevantes e limitadas no tempo (SMART).

Em seguida é fundamental fazer o monitoramento e análise para acompanhar o desempenho desses indicadores, ajustando suas estratégicas com base nos resultados que estão sendo gerados. É importante ressaltar que manter a equipe alinhada com os objetivos de crescimento da empresa através de uma comunicação bem definida e transparente contribui para alcançar esses objetivos.

Desenvolvimento e validação do produto ou serviço

Consequentemente, após analisar o cenário e definir seus indicadores, desenvolver e validar um produto ou serviço torna-se o próximo assunto para ser elaborado, caso não tenha um produto ou serviço que esteja em oferta. Compreenda uma necessidade real do mercado que seu produto ou serviço possa resolver. Isso envolve o desenvolvimento de um Produto Mínimo Viável (MVP) e testá-lo com usuários reais.

O objetivo dos testes com usuários reais é verificar se há demanda pelo seu produto ou serviço. Você quer descobrir se as pessoas realmente desejam o que você está oferecendo e se estão dispostas a pagar por isso. Além disso, realizar a validação do produto é crucial para garantir que você não desperdice recursos em algo que o mercado não deseja.

Coleta e análise de dados

Após o lançamento inicial do produto ou serviço, é crucial coletar dados sobre como os usuários interagem com ele. Além disso, compreender quem são suas principais personas de comprador também é essencial. Faça uso de ferramentas de análise para coletar dados demográficos, padrões de comportamento e feedback dos usuários. 

Analise os dados coletados para identificar padrões e tendências de comportamento dos usuários. Isso pode ajudar a entender como seu produto ou serviço está sendo utilizado e quais áreas podem precisar de melhorias. Com base nos insights obtidos, você pode ajustar sua estratégia de marketing, fazer melhorias no produto ou serviço e otimizar a experiência do usuário.

Ao analisar os dados, preste atenção não apenas aos resultados de marketing, mas também a outras áreas do seu negócio, como vendas e produção. Identifique onde estão os gargalos e oportunidades de crescimento. Às vezes, a alavanca de crescimento pode não estar no marketing, mas sim em áreas como melhorar as taxas de venda do time comercial ou otimizar os processos de produção.

Ouça feedback da sua equipe e de seus clientes

É crucial estabelecer canais de comunicação eficazes para ouvir o feedback tanto da sua equipe quanto dos clientes durante a jornada de atuação da sua empresa. Eles lidam com os clientes no dia a dia e podem fornecer insights valiosos sobre suas necessidades e experiências.

Acelerar o processo de coleta e implementação de feedback pode economizar energia, pois você se concentra em executar soluções que os clientes realmente desejam. Isso pode ajudar a direcionar os recursos de forma mais eficiente e a tomar decisões com base em dados concretos.

Ao tirar uma parcela da sua operação para fazer testes com uma quantidade limitada de clientes, você pode errar de maneira pequena e rápida até encontrar a solução certa. Esse processo de testes e iteração contínua permite ajustes e melhorias constantes no produto ou serviço.

Otimização e testes contínuos

Implementar uma abordagem de Growth Hacking que inclua otimização e testes contínuos não apenas impulsiona o crescimento, mas também cria um ciclo de melhoria constante para seu produto e estratégias de marketing. Essa abordagem dinâmica e orientada a dados é ideal para ambientes de negócios em rápida mudança e mercados competitivos.

Um dos principais pilares do Growth Hacking é a otimização contínua por meio de experimentos e testes. Estes testes ajudam a identificar quais elementos ou estratégias geram melhores resultados e permitem ajustes com base nos dados coletados.

Documentação e Aprendizado Contínuo

Documentar todas as ações e resultados é crucial para acompanhar o progresso e aprender com as experiências ao longo do processo de Growth Hacking. Esse registro permite um acompanhamento do progresso das estratégias ao longo do tempo. Isso facilita a identificação de padrões, tendências e áreas que precisam de melhoria.

A documentação e o aprendizado contínuo são partes essenciais de uma estratégia de Growth Hacking bem-sucedida. Ao acompanhar o progresso, analisar os dados, otimizar constantemente as estratégias e aprender com as experiências, as empresas podem desenvolver uma abordagem baseada em dados e resultados tangíveis para impulsionar o crescimento sustentável e escalável.

Lembre-se: Crescimento a longo prazo

Para os empresários, é crucial manter uma mentalidade voltada para o crescimento a longo prazo. Mesmo para pequenas empresas, é essencial ter um planejamento estratégico e definir indicadores de desempenho. Isso ajuda a orientar as ações e tomar decisões informadas, preparando o terreno para o crescimento futuro.

Estejam cientes de que os erros podem ter um impacto significativo, podendo até levar à falência. Por isso, é fundamental monitorar de perto as operações e corrigir problemas rapidamente para evitar consequências graves. Construir processos e soluções que sejam escaláveis para uma equipe maior no futuro é essencial. Isso prepara o negócio para um crescimento sustentável ao longo do tempo, evitando obstáculos operacionais à medida que a empresa se expande.

O Growth não é um segredo ou uma fórmula mágica. É uma abordagem baseada em dados, experimentação e aprendizado contínuo.  Ao adotar uma abordagem de Growth Marketing, as empresas têm a oportunidade de alcançar novos patamares de sucesso e desenvolvimento. Por meio de estratégias inteligentes e uma mentalidade orientada para o aprendizado, é possível criar um ecossistema empresarial próspero e adaptável às mudanças do mercado.

Para aqueles que desejam explorar mais a fundo o tema do Growth, recomendamos conferir o terceiro episódio do Play Growth. Os hosts Alex Oliveira e Francine Nunes, sócios na C3Dweb, e o convidado Iago Vilaça, compartilharam insights valiosos para você alavancar o crescimento de sua empresa com Growth. 

Para uma imersão completa no tema, ouça o episódio completo agora: Youtube ou no Spotify.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Posts relacionados