Afinal, o que é publicidade nativa? Descubra aqui!

Uma das grandes dificuldades de quem trabalha com mídias sociais de uma marca que ainda se fortalece no mercado é conquistar o engajamento do seu público. As mudanças de comportamento dos usuários exigem novas estratégias, especialmente se tivermos em mente o fato de que as pessoas não toleram interrupções.

O universo digital já representa um terço do total investido em publicidade no Brasil, segundo a filial da IAB no país. Já um estudo da PwC mostrou que o faturamento do mercado brasileiro de mídia e entretenimento foi de U$3 bilhões a menos em relação ao último estudo, sendo que os segmentos mais afetados foram livros, revistas, jornais e rádios. O consumo de dados por dispositivos móveis, contudo, crescerá 28% anualmente até 2021, segundo projeções da mesma empresa.

A publicidade nativa, também conhecida como native ads, tem se destacado como uma das soluções para cativar a audiência nesse cenário. Para entender um pouco mais sobre essa estratégia, acompanhe as informações que selecionamos neste post. Boa leitura!

O que é publicidade nativa?

A publicidade nativa é um formato de mídia paga que se integra a um conteúdo editorial ou aparece no feed do usuário sem interromper o fluxo de leitura. Posts sugeridos no Instagram ou no Facebook, tweets patrocinados e artigos elaborados em parceria com marcas são alguns dos exemplos. É como se o anúncio fosse um "nativo da página" em que se insere, apresentando as mesmas características dos demais conteúdos.

Nos últimos meses, a publicidade nativa se consolidou como uma maneira eficaz para conquistar confiança e engajamento da audiência, especialmente se comparada aos formatos tradicionais de anúncios.

Como os native ads têm beneficiado as empresas?

A publicidade nativa oferta conteúdos que dialogam com as plataformas utilizadas pelos usuários, de maneira que eles não se sentem interrompidos. Um bom exemplo disso são os artigos elaborados em parceria com as marcas em portais de notícias.

  Por que você deve ter uma loja virtual feita sob medida?

Tanto a publicidade nativa quanto o marketing de conteúdo conquistam o usuário pelo valor da informação. No entanto, nos native ads o leitor sabe que há o objetivo da venda e que, eventualmente, encontrará um convite explícito para uma compra.

Quais são os principais benefícios da publicidade nativa?

Os native ads podem ajudar a sua marca de variadas maneiras:

Oferece conteúdo relevante

A publicidade nativa se sobressai por oferecer um conteúdo interessante para o usuário, fortalecendo a sua marca. Isso acontece porque os anúncios e conteúdos são bem segmentados e contextualizados. Por vezes, o leitor sequer percebe que está consumindo um conteúdo patrocinado.

A taxa média de lembrança de uma marca que aplica publicidade nativa, segundo estudos de especialistas, é 2 vezes maior em relação aos banners tradicionais.

Fortalece ações de retenção de clientes

Se um banner de publicidade tem o objetivo de angariar vendas imediatas, a publicidade nativa busca gerar engajamento. Isso acontece porque os anúncios gerados dentro dessa estratégia conquistam o usuário pelo interesse. Os native ads agem melhor como mecanismo de retenção.

Não interrompe a experiência do leitor

As pessoas se sentem pouco atraídas pelos antigos formatos de anúncios e, muitas vezes, instalam mecanismos de bloqueio nos navegadores. Os native ads não são vistos como algo invasivo, pois a marca oferece um conteúdo atraente em troca da atenção do usuário.

Amplia a rede de parceiros da sua marca

Para oferecer conteúdos interessantes, você precisa estabelecer parcerias com editoras e portais. Isso melhora a sua rede de contatos, fazendo com que a sua empresa seja bem-vista pelos publishers e que você ganhe poder de diálogo ao negociar espaços para anúncios.

Conquistando mais engajamento dos usuários, a publicidade nativa melhora o retorno sobre o investimento e fortalece a imagem das marcas junto aos consumidores, pois proporciona conteúdos interessantes — mesmo que sejam voltados para a venda. É importante, porém, atentar-se às plataformas pelas quais o seu público navega e ao conteúdo a ser veiculado nelas.

  Aprenda como fazer uma campanha de mídia programática em 5 passos

Conhecer bem o seu usuário é a melhor maneira de oferecer produtos e soluções pertinentes para o cotidiano dele, uma vantagem oferecida pela internet em relação aos demais veículos de comunicação.

Você está pensando em investir em anúncios? Que tal entender um pouco mais sobre a rede de display do Google e como ela pode beneficiar o seu negócio? Até a próxima!

Deixe um comentário

Aprenda a anunciar no Instagram!

Anunciar no Instagram não precisa ser um bicho de sete cabeças. Com a estratégia correta para seu modelo de negócios, é possível ter um bom desempenho

Receba conteúdos antes de todo mundo

Para começar...