Smarketing é um termo criado a partir da junção de duas palavras em inglês: "sales" (vendas) e "marketing". No Brasil, o conceito leva o nome de "vendarketing" e a ideia por trás dele é promover a união de dois departamentos essenciais para o sucesso de qualquer negócio.

Você já ouviu algum relato sobre como os times de marketing e vendas não conseguem se entender? Ou isso acontece na sua empresa? Conheça mais sobre o Smarketing, sua importância e como aplicá-lo. Boa leitura!

O conceito de Smarketing

Smarketing é uma estratégia que alinha os setores de marketing e vendas, com o propósito de promover o crescimento de uma empresa. Para funcionar, os objetivos devem ser compartilhados, os funis de marketing e vendas devem ser devidamente integrados, e um SLA (Service Level Agreement ou Acordo de Nível de Serviço), criado. Discutiremos sobre essa sigla mais adiante.

A importância de alinhar objetivos

Se perguntassem qual é o objetivo dos setores de marketing e vendas, você saberia responder? Marketing estuda o mercado, cria demanda e faz campanhas para gerar oportunidades de vendas, certo?

Mas, no fim das contas, o objetivo de ambos é gerar lucro para a empresa da qual eles fazem parte, concorda? É para documentar, compartilhar e alinhar essa meta que o Smarketing foi criado. Ao aplicar a estratégia, os esforços de marketing e vendas são combinados em prol do negócio. Uma organização que não aplica esse conceito pode perder oportunidades empresariais — e, consequentemente, dinheiro.

Por isso, a união de esforços e objetivos é um dos grandes benefícios do Smarketing. E isso dá certo: de acordo com uma pesquisa, organizações que conseguiram alinhar os setores de marketing e vendas, de forma assertiva, observaram suas receitas anuais crescerem em 20%. Empolgante, não é?

A questão é que, quando os departamentos agem com sinergia, o setor de marketing consegue entregar contatos muito mais qualificados, o que faz com que os vendedores economizem tempo e aumentem sua produtividade. Ou seja, ambos são beneficiados. Descubra agora como aplicar o Smarketing na sua empresa.

A aplicabilidade da estratégia

Para aplicar o Smarketing, é necessário, primeiro, analisar como as atividades são desenvolvidas e quais são os objetivos de cada setor. Quais são as métricas que utilizam? Há integração entre eles? Um vendedor consegue ter acesso à ficha do cliente da mesma forma que um analista de marketing tem?

A partir daí, faça os seus times entenderem, de uma vez por todas, que eles formam uma equipe, e que não há razões para apontar tantos erros, exceto quando forem críticas construtivas para a empresa. Eles precisam compreender como funciona o outro departamento e estar a par dos processos. No entanto, esse é apenas o primeiro passo, pois Smarketing é muito mais do que a solução para um problema de comunicação.

É preciso estudar e renovar processos (se necessário) e implementar ferramentas e integrações que ajudarão os times a solucionarem conflitos e melhorarem suas performances. Um ponto de partida pode ser o compartilhamento de informações do programa de CRM (Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) com os vendedores.

Ao analisar um perfil e conhecer os interesses e interações realizadas com a marca, o vendedor terá mais facilidade em abordar o cliente da forma ideal, aumentando as chances de fechar um novo negócio.

Lembra que citamos um acordo, o SLA? Ele funciona como uma espécie de contrato entre os times, que define quem o marketing deve atrair com suas campanhas, quando será transferido para o time de vendas e outras definições, como o fluxo de nutrição (envios de conteúdo) e a forma de execução do acompanhamento.

Entendeu por que o Smarketing é uma ótima estratégia para gerar mais receita? Não faz sentido ter dois setores tão essenciais culpando um ao outro por baixas vendas. Aplicando o conceito, as duas equipes passam a falar a mesma língua e trabalham em harmonia e sinergia em prol da empresa. Aliás, a comunicação deve estar sempre aberta para que as campanhas e processos sejam regularmente otimizados.

Quer aprender mais sobre vendas e marketing digital? Então siga-nos no Twitter, no Google Plus, no Facebook e no LinkedIn.