Quer saber como fazer um e-mail marketing de resultado? Confira aqui!

Entre os meios de comunicação usados pela sua empresa, qual deles você consideraria fundamental para o funcionamento dela? Redes sociais e aplicativos de mensagens ganham novas atualizações todos os dias, mas o e-mail permanece como uma das maneiras mais eficientes de conversar e facilitar processos dentro das organizações.

Além disso, o e-mail marketing não atende somente aos processos internos das companhias: é uma ferramenta de relacionamento eficaz, amparando empresas no fortalecimento de vínculos com seu público e disseminando conteúdos de qualidade.

Quer entender como fazer e-mail marketing e gerar resultados positivos para a sua empresa? Confira as nossas dicas!

Por que o e-mail marketing faz tanto sucesso?

Uma pesquisa publicada na BtoB Magazine aponta que 59% dos profissionais de marketing atribuem ao e-mail marketing a melhor forma de gerar receita no mercado B2B. Já a Campaign Monitor mostra que a probabilidade de conquistar um clique nesse canal é 6 vezes maior em relação a um tweet.

O sucesso da ferramenta deve-se a uma combinação entre o grande alcance, a personalização, o baixo custo de implementação e o retorno satisfatório. O e-mail marketing ajuda a divulgar eventos, promover conteúdos especiais ou enviar newsletters.

A confiabilidade também é um fator relevante. Se um usuário forneceu o endereço eletrônico para a sua empresa, ele sinaliza que deseja receber conteúdos relevantes produzidos pela sua marca.

Como fazer e-mail marketing de resultado?

Alguns cuidados são essenciais para produzir conteúdos que conquistem o clique do usuário. Confira:

1. Monte a sua lista

Antes mesmo de estabelecer uma estratégia de e-mail marketing, é preciso que você tenha contatos e conheça o perfil dessas pessoas. Afinal, a sua estratégia de conteúdo deve ser voltada para esse público.

Para captar esses endereços, há uma série de técnicas — landing pages e pop-ups são apenas algumas delas. Só não vale comprar uma lista pronta! Você não quer que seus conteúdos sejam diretamente encaminhados para a caixa de spam, certo?

  Afinal, o que é publicidade nativa? Descubra aqui!

A melhor forma de captar contatos e aumentar a sua base de e-mails é com um conteúdo de qualidade, apresentado em landing pages. Assim, para ter acesso a um conteúdo exclusivo (infográficos, webinars, e-books etc.), o usuário preenche voluntariamente uma ficha, informando alguns dados importantes para a sua campanha — nome, área de atuação ou profissão. Esses dados ajudarão a sua empresa na segmentação do conteúdo, como mostraremos adiante.

2. Utilize um nome de remetente

Especialistas recomendam que, em vez de enviar e-mails com o nome da sua empresa, você escolha o nome de alguém da sua equipe. Isso torna a comunicação mais pessoal, gerando mais empatia entre os usuários. As taxas de abertura e cliques, por consequência, aumentam.

3. Faça a segmentação

A segmentação da sua campanha é o que permite que os conteúdos certos sejam encaminhados para as pessoas certas, na fase de compra certa — daí a importância de conhecer o comportamento do seu público.

Algumas das maneiras mais eficientes para fazer essa segmentação é subdividir a lista de acordo com cargos, áreas de atuação, porte da empresa, origem do clique, entre outros.

4. Defina sua estratégia

Com uma estrutura preparada para a sua estratégia de e-mail marketing, você já pode se concentrar no tipo de conteúdo que vai distribuir. Para isso, você precisa entender quem é o seu público, o que você pretende com os seus e-mails, qual é a linguagem mais adequada e como vai mensurar as conversões da sua campanha.

É recomendado o uso de personas, que resumem, em um perfil, algumas características do seu público-alvo. Dependendo dos seus objetivos com a campanha (educar, vender, informar, gerar valor para a marca), você deve definir as métricas que permitirão acompanhar sua estratégia.

  Saiba como lidar com clientes em sites de reclamações

Na definição desse objetivo, atente-se para o fato de que cada campanha deve ser movida por apenas um propósito. Isso facilita o engajamento do usuário e melhora a eficácia das suas ações.

Outro aspecto importante sobre como fazer e-mail marketing é a chamada para a ação, também conhecida como call to action (CTA). Seu e-mail precisa ser atraente e, ao mesmo tempo, demonstrar valor para o usuário. Não adianta usar chamadas apelativas ou sensacionalistas.

Agora que você já sabe como fazer e-mail marketing, assine a nossa newsletter e fique por dentro de outros conteúdos!

Deixe um comentário

Aprenda a anunciar no Instagram!

Anunciar no Instagram não precisa ser um bicho de sete cabeças. Com a estratégia correta para seu modelo de negócios, é possível ter um bom desempenho

Receba conteúdos antes de todo mundo

Para começar...