Você sabia que 94,4% das empresas estão nas redes sociais? É o que aponta o relatório Content Trends 2018. Além disso, conforme a pesquisa TIC Empresas 2017, 55% das organizações têm um site. Esses dados mostram que existe grande quantidade de negócios com algum nível de presença online.

Todavia, só isso não é o bastante. É preciso realizar uma análise de posicionamento orgânico e investir em Search Engine Optimization (SEO) para que o ambiente digital escolhido possa ser encontrado por um volume cada vez maior de internautas.

Analisar o posicionamento orgânico dos seus conteúdos e mensurar a sua presença online são essenciais nesse processo. Especialmente para avaliar se as estratégias definidas no seu planejamento de marketing digital geram, de fato, bons resultados.

Quer entender mais sobre o assunto? Trouxemos algumas informações sobre a importância dessas duas análises. Confira!

O que é análise de presença online e para que serve?

A análise de presença virtual envolve levantar todas as mídias digitais em que a empresa está presente e verificar os seus níveis de desempenho e eficiência, além dos resultados gerados.

Com essa avaliação, você conseguirá descobrir os pontos fortes do site/blog do seu negócio, avaliar quais investimentos não dão retorno e direcionar recursos para os meios que proporcionam mais frutos.

Como ela funciona e quais as suas vantagens?

Primeiro, realiza-se um levantamento de todas as plataformas sociais, sites e demais mídias em que a companhia está presente. Veja exemplos:

Lojas virtuais

Muitas empresas já contam com comércios eletrônicos, porém nem todas conseguem administrá-los corretamente. Nesse caso, é necessário checar a situação desses e-commerces para propor, por exemplo, melhorias no design das páginas e na forma como estão posicionados.

Contas em marketplaces

Funcionam como shoppings virtuais, agregando grande volume de operações de outros lojistas e empresas. Basicamente, é uma plataforma na qual um negócio pode se cadastrar para comercializar os seus produtos, pagando taxas/comissões por vendas.

Páginas no Facebook

É preciso analisar como é a presença da marca no Facebook, a maior rede social do planeta. Atualmente, ela conta com cerca de 2,23 bilhões de usuários mensais, sendo essencial ter uma boa atuação dentro dessa mídia. 

Contas no Instagram

Essa rede social também merece destaque. Afinal, já tem mais de um bilhão de usuários ativos. Além disso, é importante ter uma presença firme nela, com imagens e posts de maior qualidade, para atrair parte do público jovem.

Canais no YouTube

Um canal no YouTube pode aproximar a empresa de seus potenciais clientes. Porém, é preciso apuro técnico e um bom investimento nessa mídia. Além disso, uma das funções da análise é ajudar a identificar o melhor tipo de conteúdo para a companhia abordar nessa mídia. 

Participação em fóruns

Se a empresa atua em fóruns relacionados ao seu segmento, é importante verificar como ela é vista pelos membros e quais as suas contribuições nessas comunidades. Isso é importante para verificar se ela tem boa reputação, o que pode contar pontos a seu favor.

Site

Uma empresa com boa presença virtual costuma ter um site corporativo. Porém, há requisitos para que ele seja encontrado nas ferramentas de buscas, como boa velocidade de carregamento e certificações de segurança. A análise aponta quais são necessários.

Blog

Um blog é importante para uma estratégia de marketing de conteúdo alinhada com o funil de vendas. Nesse caso, uma boa análise verificará o nível de qualidade dos materiais, quais os temas necessários a serem trabalhados, entre outras ações que podem melhorar o blog para atrair leitores e leads.  

Algumas considerações também podem ser feitas durante a análise, como:

  • Qual o posicionamento da marca em cada mídia?

  • Como os concorrentes estão posicionados?

  • Quais os pontos fracos e fortes deles e como se diferenciam das mídias online da sua empresa?

  • O retorno sobre o investimento (ROI) de cada ação em cada meio é positivo?

  • Quais pesquisas do público direcionam para materiais e páginas da sua organização?

Refletir sobre esses pontos ajuda a otimizar a análise de presença online, além de servir como pontapé para uma estratégia de benchmarking virtual mais completa. Com as informações coletadas, também será possível traçar estratégias mais precisas para melhorar o posicionamento da empresa no meio digital, com vistas a elevar o tráfego de seu site. 

Que serviços são oferecidos nesse tipo de análise?

Uma forma de obter a análise mais precisa e completa é contratando esse tipo de avaliação por meio de uma agência especializada em marketing digital. Isso porque ela saberá conduzir melhor esse processo, levantando os dados que realmente impactam no seu negócio.

Por exemplo: ela saberá se as mídias virtuais são condizentes com o perfil de seu público-alvo e se os custos de campanhas podem ser otimizados. Além disso, essa análise inclui um diagnóstico sobre o desempenho atual da empresa no meio virtual e sobre as suas potencialidades.

Quais as vantagens de uma análise de posicionamento orgânico e de SEO?

A análise é específica. Ela é feita para identificar em que colocações estão os posts, artigos, vídeos e outros materiais da empresa quando se pesquisam determinadas palavras-chave nos motores de busca, como o Google.

Hoje, a maior parte do tráfego que portais, lojas virtuais e outras mídias recebem vem dos resultados de buscas nesses mecanismos. Por isso, é essencial melhorar o ranqueamento no Google se quiser ter mais visitantes, fãs, seguidores etc.

Nesse sentido, a análise de posicionamento orgânico e de SEO contribui para indicar o que melhorar, no intuito de aumentar o tráfego e, por consequência, captar mais leads e elevar as vendas.

Como escolher uma boa análise de presença online?

É preciso avaliar o custo-benefício, indo além do preço. É importante avaliar quais serão as atividades realizadas e a amplitude da análise, ou seja, se ela avaliará:

  • só dados mais concretos, como número de curtidas, de seguidores, de visualizações;

  • se desenvolverá um panorama de como está a empresa em relação a seus concorrentes diretos;

  • se haverá uma verificação de compatibilidade entre mídias da empresa, conteúdo produzido e público-alvo para checar se o foco está correto, entre outras opções.

Também é preciso analisar a qualidade de atendimento da agência e os serviços complementares, como suporte para planejamento de mídias, apoio com técnicas de SEO, posicionamento de marca no meio virtual, entre outros. Com base nisso, o seu negócio poderá elevar a sua presença online, tornando-se mais conhecido pelo seu público-alvo.

Quer entender melhor como funciona uma análise de presença online? Entre em contato com a nossa equipe agora mesmo e esclareça todas as suas dúvidas!