Segundo o Datafolha, 42% dos usuários brasileiros utiliza o Whatsapp para entrar em contato com as empresas, e com as facilidades que o WhatsApp Business trouxeram, a tendência é que esse número aumente ainda mais. Ainda não conhece? Leia nosso artigo sobre o novo aplicativo, conheça os novos recursos e, depois, aplique as dicas de WhatsApp Marketing que mostramos aqui.

1. Agilidade no atendimento

Você já ligou no SAC de uma empresa (geralmente de telefonia) para cancelar um serviço ou resolver um problema e ficou sendo transferido de um departamento para o outro por horas a fio, até desistir da ligação? Não faça isso com os seus clientes!

Infelizmente, temos visto o seguinte cenário se repetir em várias empresas: o usuário comenta em uma publicação nas redes sociais, tirando uma dúvida ou querendo saber mais informações. A empresa pede para o usuário mandar essa dúvida por whatsapp. Quando o cliente entra em contato por whatsapp, a empresa pede para ele entrar em contato por telefone ou e-mail, pois é o meio de comunicação que a empresa costuma usar.

Repare que o usuário teve que entrar em contato com a empresa três vezes! Neste ponto, ele - que poderia ser um cliente em potencial - provavelmente já perdeu a paciência e desistiu do contato, ou resolveu tirar essa dúvida em outro lugar (provavelmente com seu concorrente).

Cometer erros como esses significa que a empresa ainda não aprendeu a se comunicar com o novo consumidor. Se antes o principal meio de contato era o e-mail ou o telefone, hoje esses recursos estão se tornando obsoletos, e as empresas que não se adaptarem podem ser obrigadas a fechar suas portas.

Quem é o funcionário que costuma fazer o atendimento tradicional ao cliente, tirando suas dúvidas e passando informações? Se é a recepcionista que possui essas respostas, delegue à ela a função de responder também os comentários nas redes sociais e no WhatsApp. Se existe um setor de SAC na sua empresa, delegue ao setor essas tarefas.

2. Peça permissão para mandar mensagens

Da mesma forma que ninguém gosta de receber ligações de call center, os seus clientes podem ficar muito irritados com mensagens não-autorizadas no WhatsApp. Caso o usuário tenha entrado em contato com sua empresa para tirar uma dúvida, aproveite e peça permissão para enviar novidades e promoções.

3. Crie listas de transmissões diferentes

Esse recurso permite que a empresa crie, salve e envie uma única mensagem para uma lista grande de contatos, o que torna a transmissão de informações mais prática. Você também pode usar as listas para separar seus públicos-alvo e tentar fazer uma venda mais assertiva.

Vamos supor que você tenha uma loja virtual de roupas multimarcas. Você pode separar uma lista de transmissão com contatos interessados em roupas masculinas e outra lista com os interessados em roupas femininas, por exemplo.

4. Transforme seus clientes em uma comunidade

Dependendo do ramo do seu negócio, pode ser interessante criar um grupo para incentivar o debate entre seus clientes, gerando engajamento. Uma nutricionista, por exemplo, pode criar um grupo para que as clientes compartilhem suas vitórias e dificuldades com a nova dieta. A empresa pode participar das discussões tirando dúvidas, divulgando notícias pertinentes ou outros conteúdos úteis e, de vez em quando, promovendo algum cupom ou desconto exclusivo.

5. Peça feedback

Se o imediatismo das novas mídias é bom para o consumidor que quer ser atendido mais rapidamente, para a empresa significa uma oportunidade de constante melhoria quase imediata. Use o WhatsApp para perguntar aos seus clientes e consumidores sobre problemas durante o processo de compra em sua loja virtual, ou se ele foi bem atendido presencialmente, enfim, peça dicas e sugestões para melhorar sempre!

Prepare-se para novas ações que em breve estarão disponíveis no momento que o Whatsapp lançar a sua API para versão Business.

Assine nossa Lista Vip e fique por dentro das novidades