Uma plataforma de loja virtual precisa atender, pelo menos, três requisitos básicos: fácil manuseio, segurança e suporte. Afinal, ter um e-commerce implica em oferecer a melhor experiência possível para os clientes. 

Hoje em dia, o fluxo de pessoas interagindo na rede é grande, por isso, oferecer a elas um espaço otimizado é a forma que temos de gerar mais leads (contatos qualificados) e aumentar a taxa de conversão.

Neste artigo, destacaremos algumas das principais características que uma plataforma de loja virtual precisa ter. Assim, você poderá fazer a melhor escolha para seu negócio. Vamos lá?

Recursos de SEO

Na Convenção Abranet 2018, realizada pela Associação Brasileira de Internet, os participantes foram informados que o Brasil faz parte das principais rotas da Internet do mundo. O tráfego elevado, que coloca o país na 4ª posição do ranking, revela o quanto é importante termos ferramentas de otimização e mensuração de dados, uma vez que elas auxiliam no processo de tomadas de decisão.

A Internet é uma grande vitrine, no entanto, ganhar as primeiras posições em busca no Google demanda um trabalho específico de marketing digital. Só a partir desse método conseguimos obter visibilidade, reconhecimento e reputação entre os concorrentes.

A adoção de boas práticas e integração de recursos de SEO, como Google Analyctis, Facebook Ads, Google AdWords, por exemplo, são fundamentais para convencer os motores de busca de que sua mensagem é relevante. Até porque, quase 50% do tráfego dos e-commerces vêm deles.

Suporte de qualidade

Ao aderir a uma plataforma de loja virtual, basicamente, você está assinando um termo de que terá a assistência necessária, no momento oportuno, certo? Só que a realidade tem sido diferente para alguns lojistas. Em boa parte dos casos, eles só descobrem a má qualidade do atendimento quando precisam ajustar uma informação ou corrigir algum erro.

Nesse caso, antes de optar por essa ou aquela, pesquise ao máximo (por meio da internet, lojistas ou fornecedores), porque isso interfere em fatores como customização, navegabilidade, integração de sistemas de gestão, estabilidade e, consequentemente, vendas.

Segurança da plataforma de loja virtual

O Brasil está entre os países com maior número de fraudes com cartão de crédito — atualmente ele ocupa a segunda posição no ranking mundial. Para que você tenha uma ideia, em menos de 17 segundos uma nova tentativa é registrada.

Isso quer dizer uma loja virtual sem os selos e as certificações de segurança necessários deixa os consumidores vulneráveis a esse tipo de ação.

Portanto, verifique se há certificados de SSL e blindagem, porque eles protegem o seu ambiente de ataques de criminosos virtuais, além de evitarem a clonagem de dados, infecção por malwares e roubo de informações.

Adotar uma plataforma de loja virtual não é das tarefas mais simples, uma vez que certos detalhes devem ser considerados em prol da funcionalidade, segurança e qualidade. Olhando por essa ótica, opte sempre pelo projeto que oferecer a melhor experiência para o cliente.

Quer ficar por dentro de outros assuntos como este? Curta a nossa no Facebook e não perca mais nada!