O que faz a diferença numa empresa são as pessoas

O sucesso e o fracasso de uma empresa têm um fator crucial por trás: as pessoas. Concorda com essa afirmação?

Neste ano de 2023, vimos a popularização da inteligência artificial (IA)  a ponto de alguns acreditarem que ela resolveria inúmeros problemas em minutos,  eliminando até mesmo postos de trabalho com simples ‘prompts’. A ideia de que a estratégia de branding, a performance das empresas, suas jornadas e criatividades poderiam ser resolvidas como num passe de mágica não se mostrou real. Assim como não é real simplesmente copiar a estratégia da Mattel com a Barbie. Não há fórmulas prontas ou modelos que se encaixem perfeitamente em todas as situações.

Como podemos, então, combinar a inteligência natural com a inteligência artificial para extrair mais valor e resultados?

É fácil cair na tentação de buscar soluções rápidas, como se fossem café solúvel. Quem nunca procurou por dicas milagrosas para obter resultados rápidos na academia? A realidade é que textos como ‘Os segredos para aprender um novo idioma em 4 semanas’ apenas aumentam o sentimento de culpa e vazio. Acreditar que um resumo em áudio substitui a experiência de ler um livro por completo simplesmente não faz sentido. Pelo menos aqui pra mim, mesmo após a leitura detalhada, a reflexão e a busca pela compreensão das ideias do autor, é difícil extrair mudanças significativas.

Na gestão e crescimento das empresas, não há atalhos fáceis.

Adoramos a ideia de atalhos ou milagres, mas nem mesmo Jesus apostou nisso. Ele ensinou a importância de escolher o caminho mais desafiador: a porta estreita e o caminho apertado. Para mim, faz total sentido. Não existem portas fáceis ou caminhos sem desafios na jornada dos negócios ou da vida. Tudo requer adaptação, esforço e resiliência.

Apesar da euforia inicial em relação à IA, percebemos que para um projeto ser bem-sucedido ainda é necessário o ‘sangue, suor e lágrimas’, e que a criatividade e a compreensão das pessoas continuam sendo responsabilidade e habilidade da inteligência natural, não da artificial.

Contudo, é possível unir esses dois mundos. Um conselho simples que ofereço: deixe os robôs fazerem o trabalho dos robôs. Eles o farão de maneira mais rápida e eficiente do que qualquer ser humano. Deixe a automação, a análise de dados em larga escala e a construção de bases de conhecimento para ferramentas de IA. E, ao mesmo tempo, permita que as pessoas façam o trabalho que requer emoção, criatividade e a capacidade de compreender outras pessoas.

 

Ao final deste ano, percebo que o diferencial reside nas pessoas que sabem utilizar a IA ou qualquer outra ferramenta disponível. A verdadeira diferença é feita por pessoas curiosas, que buscam aprender e não se contentam apenas com o que já está pronto. São aquelas dispostas a enfrentar desafios, trabalhar em equipe para entregar alto valor aos clientes e cuidar da saúde mental nesse processo. São aquelas que assumem riscos, cometem erros e assumem responsabilidades.

Aqui na C3dweb, temos enfatizado muito a importância da responsabilidade. Há uma diferença entre a culpa e responsabilidade.

Recentemente, meu filho de 12 anos pediu para ouvir no carro a música ‘Human’, do Rag’n’Bone Man. A mensagem da música é que somos humanos e podemos errar, mas não devemos atribuir a culpa a outros.

Se desejamos crescer e alcançar novos patamares como time, precisamos de uma equipe que entenda a diferença entre culpa e responsabilidade.

Ao identificarmos erros e processos que precisam ser aprimorados, devemos abandonar a busca por culpados e ter pessoas no time, começando pelos líderes, que assumam a responsabilidade. Isso pode mudar o jogo. Culpar os outros não nos leva ao crescimento; assumir responsabilidades, sim.

Espero que 2024 seja um ano marcado pela sinergia entre pessoas e IA, gerando resultados superiores. Mais do que isso, desejo caminhar ao lado de pessoas que estejam dispostas a assumir a responsabilidade pelos sucessos e fracassos, buscando crescimento e ajudando tanto indivíduos quanto empresas a evoluírem.

 

Alex Sandro de Oliveira
CEO

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Social Media

Destaques

Receba nossa newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades

Não enviaremos spam para o seu e-mail

Posts relacionados

Evite cair em Golpe!

Não anunciamos vagas no WhatsApp ou Telegram