Saiba como planejar suas ações de Marketing Digital para 2019

Já parou para pensar sobre como sua empresa vai funcionar em 2019? Este é o momento ideal para dar um belo check up nela e planejar tudo o que deseja melhorar em seu negócio. Ao fazer isso, não se esqueça de avaliar suas ações de Marketing Digital, afinal, sem uma boa reestruturada nelas, dificilmente você atrairá mais clientes no mundo virtual do que em 2018. Também é preciso ser otimista com o novo ano!

Isso porque o mercado dá indícios de recuperação, em relação à queda em seu desempenho nos últimos anos. Recentemente, a estimativa de crescimento da economia foi ampliada de 2,53% para 2,55%. Pode parecer pouco, mas, em uma economia do tamanho da brasileira, esses pontinhos a mais são bastante positivos.

Para ajudar a aproveitar essa “maré otimista” com ações de marketing mais bem estruturadas, separamos algumas dicas úteis para você pôr em prática no planejamento delas! Não deixe de conferir!

Defina quais estratégias de Marketing Digital usar

O Marketing Digital tem uma área de atuação enorme, que vem crescendo ano após ano à medida que a Internet, os sistemas tecnológicos e os dispositivos inteligentes se tornam mais populares. Portanto, é preciso escolher que estratégias de Marketing Digital adotar para não se perder no meio da grande diversidade de opções.

Uma dessas abordagens é o Marketing de Conteúdo, utilizado por 73% das empresas que participaram da pesquisa “Content Trends — tendências do marketing de conteúdo 2018”.

Além de chegar a custar até 62% menos, pode proporcionar até 3 vezes mais resultados do que abordagens convencionais de marketing. Com esses números, não vai querer deixá-lo de fora do seu planejamento, vai?

Se ainda não se convenceu, segue outro dado interessante: ter e manter um blog, ação importante dentro do marketing de conteúdo, pode gerar até 126% a mais de leads para as empresas, quando comparadas com as que não contam com esse recurso. Ficou mais fácil adotá-lo agora?

Se quiser variar, saiba que, além do marketing de conteúdo, existem muitas estratégias que aparecem dentro do Marketing Digital. Não falta alternativa para você escolher. Veja algumas:

  • Geomarketing — direciona anúncios, ofertas, dicas etc. com base na localização dos clientes ou da empresa. É muito útil para estabelecimentos, como restaurantes, academias, escolas etc.;
  • Inbound Marketing — ação de marketing que pretende despertar o interesse de alguém, de modo orgânico, em relação a um produto, serviço ou marca. Uma estratégia que busca fazer o cliente ir à empresa ao gerar valor para ele. É muito empregado na WEB, especialmente com marketing de conteúdo;
  • e-mail marketing — envolve ações promocionais, publicitárias, de ofertas etc. direcionadas a e-mails.

Estruture um documento guia e um cronograma

Sem um guia, ficará difícil organizar suas ações de marketing, em 2019, acabando por prejudicar suas estratégias. E não é bem isso que deseja, não é? Portanto, lembre-se de montar um plano de marketing que, inclusive, contenha um cronograma.

Nele, coloque quais abordagens serão feitas, quem serão os responsáveis por elas e, obviamente, as datas em que serão executadas. Dessa forma, você conseguirá se programar para épocas de maior ou menor sazonalidade nas vendas e para os eventos festivos (Natal, Dia das Mães, Dia dos Pais etc.).

Nesses casos, será possível aumentar ou diminuir as ações de promoção conforme o momento. Outra vantagem é que esse documento servirá como guia para seus colaboradores, evitando que eles, e talvez você, fiquem perdidos em relação ao que se deve fazer.

Defina metas e valores

Seu documento também precisa incluir metas, para que todos saibam quais os resultados desejados. Além disso, há outro fator importante: o “money”.

O dinheiro que cada ação demandará precisa estar especificado e, de preferência, destacado. Esse “orçamento” é fundamental para não perder o controle e gastar mais do que o possível, acabando por prejudicar o Retorno Sobre o Investimento (ROI) das suas campanhas de Marketing Digital. Se não fizer isso, há grandes chances de ir parar no vermelho.

Portanto, para estruturar seu budget de marketing, lembre-se de respeitar a situação da sua empresa, evitando exagerar nos gastos. Mas, não adianta aplicar uma quantia irrisória e esperar grandes resultados.

Como parâmetro, saiba que a média de gastos em marketing, para organizações que comercializam produtos para o consumidor final, é de 8,6% de suas receitas. Para as que vendem serviços a esse mesmo público, a média chegou a 7,3%.

Isso é o que aponta o estudo Highlights and Insights Report, de 2017, produzido pela CMOSurvey, contando com a participação de 349 comerciantes. Ficou mais fácil estabelecer a porcentagem para o seu Marketing Digital?

Se não, você ainda poderá estabelecer o seu budget de Marketing Digital com base na lucratividade de seus produtos ou serviços. Caso os gastos sejam altos, havendo margem de lucro baixa, dá para estabelecer um orçamento de marketing que chegue até 5% do faturamento.

Se, por outro lado, os gastos forem baixos, com lucratividade elevada, dá para investir uma porcentagem maior das receitas, acima dos 5%. Isso é essencial para negócios que dependem prioritariamente de seu marketing para venderem. Se você já tentou ou ainda tenta comercializar uma inovação, possivelmente, fez ou faz parte desse grupo.

Considere tendências e pesquisas

Ao projetar suas campanhas, orçamentos e metas, não se esqueça de sondar as expectativas e tendências de Marketing Digital para 2019 a fim de utilizá-las em seu planejamento. Afinal, é quase certeza de que você não quer perder as novidades ou ser um dos últimos a aproveitá-las, ficando atrás dos concorrentes, certo?

Se sim, então, já comece a pesquisar e a acessar portais de marketing e de atualidades para se informar. Aliás, para contribuir para essa pesquisa, saiba que 7 em cada 10 empreendedores brasileiros acreditamque 2019 será um ano melhor.

Que tal aproveitar essa expectativa positiva do mercado para impulsionar suas estratégias, investindo em marketing online? Afinal, de acordo com previsões da Forrester Research, uma organização de pesquisa e consultoria, em 2019, os gastos com Marketing Digital alcançarão cerca de US$102 bilhões. O crescimento também poderá se estender pelos anos seguintes, atingindo aproximadamente US$118 bilhões, em 2021. Muito dinheiro!

Isso mostra como as empresas pretendem investir forte nesse tipo de marketing, especialmente em anúncios em vídeos digitais e em motores de buscas, duas abordagens que ganham destaque dentro desse montante.

Defina seu público-alvo

Se você não sabe para quem quer vender seus produtos ou serviços, há grandes chances de não conseguir vender para muitas pessoas. Em vez de “atirar para todos os lados”, pesquise bem quem é o seu público-alvo e, sobretudo, quem são as personas do seu negócio.

Elas correspondem àqueles clientes ideais, dos “sonhos” dos seus vendedores. Em outras palavras, são os indivíduos para os quais seus serviços ou produtos foram feitos, isto é, aqueles que têm maior chance de comprá-los.

Após “encontrá-los”, estruture as campanhas de marketing da empresa para alcançá-los. Suas ações tendem a se tornar mais certeiras!

Estabeleça o posicionamento de mercado

Sua empresa é iniciante? É uma líder em seu setor? É vista como referência de qualidade em seu segmento, mesmo não sendo uma das maiores nele? Cada pergunta dessas deve ser respondida com uma boa análise crítica, a fim de saber qual o posicionamento do seu negócio no mercado.

A partir disso, você precisará analisar o que deseja para ele, ou seja, se quer:

  • torná-lo o líder em sua área;
  • lançar um produto ou serviço inovadores;
  • fazer com que seja atrelado a determinados valores ou causas sociais, ambientais, culturais etc.

Questionamentos assim ajudarão você a direcionar suas ações de Marketing Digital, com maior precisão, para o que deseja para sua empresa em 2019.

Analise os ambientes interno e externo

Avalie os pontos fortes da sua empresa para potencializá-los com suas ações de marketing. Também cuide dos fracos, a fim de que não prejudiquem seu marketing — não adianta querer escondê-los ou fingir que não os viu.

Tudo isso faz parte do ambiente interno da sua organização e, portanto, precisa ser considerado para que as ações de marketing não prometam mais do que é possível entregar. Por exemplo, se o seu estoque é pequeno, conceder um alto desconto em um produto, empregando uma campanha de promoção agressiva, pode não ser uma boa ideia.

Isso porque a procura tende a ser grande, esvaziando rapidamente seu armazém até esgotar os itens. Cada novo potencial cliente que aparecer depois disso tende a ser frustrado. Se a campanha tiver sido grande, você terá um bom volume de gente frustrada, pronta para falar mal da sua empresa aos amigos e familiares.

Também não se esqueça do ambiente externo à empresa. Como citado, os empreendedores brasileiros estão mais esperançosos com um 2019 melhor. Os brasileiros, em geral, também, pois 67% estão otimistas com 2019, acreditando que se encontrarão em melhor situação econômica nos próximos meses. Outro ponto que contribui para que o ano seja mais favorável é que as eleições e todo o conturbado processo político passaram.

Com as dicas mencionadas, ficará mais fácil planejar as ações de marketing do seu negócio para 2019. Mas lembre-se de tentar aplicar o maior número delas, ok? Se tiver dificuldades, busque a ajuda de uma agência de publicidade especializada em Marketing Digital para ajudá-lo. Além desse auxílio, ela poderá passar outras dicas!

Agora que você já viu como fazer o planejamento de Marketing Digital do seu negócio, aproveite para saber como projetar um plano de vendas!

Deixe um comentário

Aprenda a anunciar no Instagram!

Anunciar no Instagram não precisa ser um bicho de sete cabeças. Com a estratégia correta para seu modelo de negócios, é possível ter um bom desempenho

Receba conteúdos antes de todo mundo

Para começar...