Ninguém gosta de investir muito e ganhar pouco. Ao empregar recursos financeiros, o objetivo é sempre o lucro. 

Quando tratamos de marketing, especialmente o digital, as ações demandam esforços que privilegiem o retorno. Ou seja, é preciso extrair o máximo das campanhas elaboradas para alcançar os resultados esperados.

Se você está cansado de investir às cegas, veio ao lugar certo! Neste artigo, você aprenderá como arranjar o seu orçamento de marketing para explorar ao máximo o budget aplicado. Continue a leitura e certamente não se arrependerá. Vamos lá?

Invista no planejamento

Por mais que pareça absurdo, um grande erro cometido por muitos empreendedores é achar que um plano de marketing não é necessário.

No mundo corporativo, tudo deve ser mensurado e analisado com cuidado. Assim, é possível realizar ajustes e evitar desperdício de dinheiro — além, é claro, de evitar imprevistos.

Portanto, é preciso pensar em objetivos primários e secundários, estabelecendo metas e objetivos para cada um deles. Mais tarde, servirão como um norte para avaliar se as campanhas foram ou não bem-sucedidas.

Foque na análise de resultados

Depois de executadas, é necessário analisar as ações de marketing. Para isso, pense nos principais objetivos do negócio e encontre os principais indicadores de performance.

Esses números devem acompanhar a sua equipe antes, durante e depois da execução do plano, já que, sem eles, você dará um tiro no escuro.

Ao observar os relatórios de resultados, verifique a efetividade de diferentes estratégias e canais. E, para suas próximas ações, leve-os em conta. Assim, os erros são minimizados.

Calcule o ROI de cada atividade individualmente

Certo, você acaba de determinar o seu orçamento de marketing. Depois, planejou onde cada fração será aplicada, assim como os canais, principais métricas e ações de cada integrante da equipe.

Acontece que, muitas vezes, o retorno sobre o investimento (ROI) é calculado de maneira geral, mas ações específicas possuem resultados diferentes. Por isso é necessário avaliá-las separadamente.

Qual foi a parcela que cabe ao e-mail marketing? E aos links patrocinados? Quem sabe, as redes sociais foram mais eficazes? Observá-las de maneira única é o melhor meio para determinar o que realmente funciona.

Segmente suas campanhas

Em campanhas de marketing online é preciso segmentar a base de usuários que será atingida — isso porque, além de se direcionar e dialogar somente com quem realmente pode se tornar um cliente, representa economia.

Em uma campanha de links patrocinados no Facebook, por exemplo, o custo pode ser calculado por visualizações no anúncio. Vamos supor que você tenha um negócio local. Se você não segmentar, pode atingir usuários que estão muito distantes da sua loja. Ou seja, gastará dinheiro à toa.

Refaça todos os processos

Mas não para por aí: é preciso refazer todos os processos de tempos em tempo. Analisar, mensurar e avaliar as consequências das aplicações deve ser uma atividade rotineira, garantindo o sucesso do investimento e tornando o seu negócio cada vez mais rentável.

Agora que você já sabe como otimizar o orçamento de marketing da sua empresa, assine a nossa newsletter. Por meio dela você receberá muitos outros conteúdos valiosos como este!