Inteligência em

9 Dicas para manter e aumentar as vendas da sua loja virtual durante e depois da pandemia

A pandemia gera impactos sociais e econômicos ainda não dimensionados. Diante de tantas incertezas para planejamento nos negócios, podemos afirmar uma coisa: haverá bastante espaço para as lojas virtuais efetuarem suas vendas, afinal, os serviços de entrega  não podem parar de abastecer a população. As necessidades e desejos só aumentam e as adequações acontecerão no mundo todo. É preciso estar preparado para novos formatos de negócios e empregos. 

Para manter as vendas e ampliá-las na disputa acirrada dentro deste novo cenário, os e-commerces devem investir em estratégias online de divulgação para reforçar na divulgação de sua marca e produtos. Isso porque a quantidade de concorrentes na net devem aumentar e você, especialista que é, pode se aprimorar, aproveitando a expertise no negócio que já adquiriu. 

Não adie as inovações que vinha planejando, apenas avalie quais são pertinentes para o momento e, acima de tudo, trace estratégias de gestão para se conectar com seus clientes e acompanhe seu negócio de perto. Tudo tem mudado rápido demais.

Para ajudar você nisso, preparamos 9 dicas para aproveitar a oportunidade e aumentar as vendas do seu e-commerce com mudanças na gestão e estratégias de marketing digital:

1-  Mantenha-se informado e acompanhe o mercado

Analise sempre o cenário do mercado e as demandas por produtos de diferentes categorias para compreender as necessidades dos seus clientes. Recursos como Google Trends e Google Alertas podem ajudar você a se manter atualizado sobre as condições locais e a entender melhor o estado de espírito do seu público.

2- Conecte-se com seus clientes e garanta uma compra segura

Saindo de casa prioritariamente em situações emergenciais, as pessoas recorrem às compras online e já começam a pensar em produtos que fogem do essencial. Cabe à sua loja virtual lembrar seus clientes disso, fazendo essa conexão com os seus consumidores, para que continuem ou comecem a comprar seus produtos, numa venda que poderá ser recorrente. Para isso, a compra deverá ser feita de maneira segura. Mantenha parceiros que zelem pelos dados de pagamento dos seus clientes, entregas rápidas com cumprimento dos prazos (mesmo que sejam esticados neste momento). 

3- Mantenha diálogo e comunique-se com seus clientes 


A comunicação deve ser mantida durante a venda, na entrega e no pós venda, com possível pesquisa de mercado. Seja transparente e mantenha suas informações atualizadas. Seus clientes estão em busca de informações e eles confiam no seu negócio para atender as demandas que forem surgindo. Então seja proativo na hora de atualizar a disponibilidade de produtos e serviços. Assim, o boca a boca poderá ajudá-lo a angariar novos clientes. Clientes satisfeitos indicam outros. Feito isso, não correrá o risco de perder um cliente insatisfeito para sempre. 

  O consumidor mudou, e agora?

4- Aumente o prazo de entrega em momentos de crise

Para conseguir manter e aumentar as suas vendas, honrado com seu compromisso dentro do que consegue atender, é imprescindível que você avalie seu negócio de forma realista e, se for preciso, aumente o prazo de entrega. A margem deste prazo. Porque, assim, caso ela seja feita antes, será um plus para o cliente, que será surpreendido positivamente. Os serviços de entrega, como os Correios ou transportadoras podem não dar conta de prazos menores que 10 dias. 

Com o prazo de entrega aumentado, você conseguirá programar melhor sua logística, acumular um pouco mais de vendas, fazendo um melhor proveito com suas idas aos serviços de entrega. Assim, você tem uma margem de segurança e garante que seu cliente está ciente e concorda com a situação atual.

Vale mostrar como você está executando serviços que sirvam à sua comunidade local e mesmo explicar que está enfrentando atrasos. Se os prazos de envio foram alterados, atualize seu site com essas informações e, se possível, estabeleça uma data de entrega estimada. O ideal é que você coloque um aviso no site ou nas redes sociais de sua loja virtual sobre a mudança de prazo e porque ela estará ocorrendo, conseguindo garantir a transparência com o seu cliente e dinheiro no caixa a curto prazo.

5- Planeje seu estoque e adapte-se às mudanças repentinas


O momento é inusitado e imprevisível. Diante do cenário atual, o estoque de alguns fornecedores - caso você dependa deles - pode passar a produzir menos e aumentar o prazo de entrega dos produtos e serviços. Caso seu e-commerce for um dos afetados pelo abastecimento, é muito importante que você não entre em pânico e pense tranquilamente em formas de contornar essa situação. Como analisar se há a possibilidade de um aumento de preço que não afete tanto o bolso do seu cliente, mas que também não prejudique o seu caixa. Leia 7 estratégias para aumententar as vendas no delivery do seu restaurante 

Importante pensar também se há formas de reduzir custos sem que prejudique suas operações, procurando alternativas com outros fornecedores próximos do seu produto ou transmitindo uma mensagem transparente para os seus clientes acerca do estoque de sua loja virtual.

  Qual a melhor solução de loja virtual para minha empresa?

É imprescindível manter clareza na sua comunicação e caso o seu e-commerce não seja afetado pelo abastecimento, faça um balanço de todo o seu estoque e analise quais produtos serão necessários comprar atualmente. Se possível, negocie um prazo maior com seu fornecedor para garantir que não haja grande impacto financeiro para nenhuma das partes e os negócios possam ser mantidos em parceria como antes.

6- Acompanhe as métricas e a saúde do seu negócio

O uso de métricas para acompanhar suas vendas nunca foi tão importante diante de um cenário tão instável. Revise métricas por categorias de varejo para ver o que o público pode estar buscando nas suas campanhas no Search e no Google Shopping, principalmente se você estiver vendendo produtos com alta demanda durante esse período. Um exemplo: se o horário de funcionamento mudou, atualize seu site, redes sociais e o Google My Business, e não se esqueça de fazer essas alterações no Search e no Google Maps. Faça um post no seu perfil comercial e reveja as mensagens dos seus anúncios para compartilhar informações sobre suas medidas de precaução. 

Essa estratégia é fundamental para saber o que está vendendo mais, o aumento de estoque, entre tantas outras variáveis, inclusive de investimento nos canais de divulgação, como as mídias pagas. É importante que você tenha metas claras e definidas e faça um bom planejamento para esse momento, mesmo que ele seja flexível, com análise e reposicionamento semanal. As métricas digitais são fundamentais. Com automação e análise estratégica você consegue se reposicionar, se for preciso.

Faça uma análise da sua loja virtual, desde o comportamento e expectativas do cliente sobre os seus produtos, até os acessos e a taxa de conversão. Se for preciso, contrate uma agência de marketing digital para que tenha um analista ou consultor que o ajude nisso. O planejamento e análise dos dados devem ser constantes. 

7- Trabalhe o engajamento dos seus clientes

No período em que as pessoas ficam mais em casa e com o aumento do home office, o acesso à internet e as redes sociais se intensifica ao longo do dia. A demanda está em todos os horários, mas caso seu segmento esteja acostumado com vendas mais fora do horário comercial, isso pode mudar. Em decorrência disso, talvez deva rever e reinvestir nas estratégias digitais do seu negócio. Utilize esse momento para engajar mais o público de sua loja virtual, sendo transparente e reforçando sua marca, além das vendas. 

  Por que você deve ter uma loja virtual feita sob medida?

Reosicione-se e divulgue os cuidados diante do cenário atual, além de prazer - obrigatoriamente - promoções em sua loja, mostrando às pessoas que elas têm vantagem comprando pela internet e da sua loja. Caso tenha produtos em grande estoque, divulgue-o nas redes sociais. As postagens vão ajudar a criar ainda mais conexão com os seus clientes.

8- Crie novo plano de marketing para seu e-commerce

Este tópico é fundamental. O marketing já não é visto como secundário em nenhum negócio mais nos dias de hoje, mas quando o assunto é e-commerce -  loja virtual ou negócios pela net - quer seja via site ou mídias sociais - falar de ações de marketing digital é algo obrigatório. Se ainda não tem isso em mente, é preciso que agora perceba que sem um plano de marketing seu e-commerce não crescerá além dos resultados que espera. 

Seu negócio não vai evoluir sem divulgação. Diante de uma crise, diferente da maioria de outros segmentos, que cortam a publicidade, um e-commerce vai exatamente na contramão e mantém ativo para replanejar e investir em marketing. A crise pode ser superada rapidamente e os ganhos serem muitos. Atenção: não adianta só investir, é preciso saber investir.

9- Faça ajustes em tempo real nos momentos de crise


À medida que o comportamento do consumidor muda durante uma crise, como o surto do COVID-19, redobre a atenção. Verifique se as informações dos seus produtos e serviços estão atualizadas em todos os canais de comunicação. Atualize suas campanhas no Google Ads imediatamente no caso de alterações das ofertas: informe se há delivery disponível ou a opção do compre online e retire na loja. Ative atualizações automáticas no Google Merchant Center para manter os dados dos seus produtos atualizados, especialmente em relação à disponibilidade e preço.

Portanto, se seu negócio ainda não está no online, está na hora de pensar em novas estratégias e entrar de vez na transformação digital. Conte com a gente.Fale já com um dos nossos especialistas e ganhe uma análise gratuita do seu negócio e quais ações de marketing podem alavancar seus negócios online.

Gostou do artigo? 

Então leia outro da série “venda online” que fizemos para ajudar você e sua empresa: Use estratégias online e transforme seu negócio num e-commerce.

Deixe um comentário

Aumente seus Resultados com Google Adwords

Todo empresário deseja atrair novos clientes para a sua empresa, ter reconhecimento pelos seus produtos e serviços e se tornar uma marca forte. O marketing

31 Dicas de Conteúdo para o seu blog

Ter um blog com artigos e outros conteúdos relacionados à sua empresa e marca é um dos pontos de partida para colocar sua estratégia de

Receba conteúdos antes de todo mundo

Para começar...