Inteligência em

Use estratégias online e transforme seu negócio num e-commerce com 2 passos

O fenômeno coronavírus surpreendeu empresários, trabalhadores autônomos, colaboradores e afetou repentinamente a forma das pessoas pensarem, trabalharem, comprarem e se relacionarem. Apesar dos efeitos negativos do isolamento social, começam a surgir reflexos surpreendentes nos negócios, não apenas negativos. Isso porque acelera a transformação digital, com inclusão e adesão de novos consumidores no universo online, fomentando a compra via e-commerce.

É estranho falar sobre online e offline, já que o maior desafio para os comerciantes seria a integração entre os dois mundos, de uma forma natural, como os consumidores migram em sua rotina. 

As vendas pela internet já não são mais consideradas um diferencial, mas a realidade na vida de muitas empresas e clientes. Para você ter ideia da oportunidade de ter uma loja online, o comércio digital movimentou mais de R$ 61 bilhões em 2019, um aumento de 16% em relação a 2018. Um total de 80 milhões de brasileiros já tinham feito pelo menos uma compra por semana via internet no ano passado. A tendência é que este número atingisse 87 milhões em 2020. Com a restrição social, o número salta a cada dia.

Os números não param de crescer e você sabe disso porque se ainda não vende, já deve comprar pela internet. Assim como sua família.

Pesquisa da Forrester, encomendada pelo Google em 2019, mostrou que o digital já era de suma importância na compra para o consumidor, representando 19% das vendas totais, desconsiderando alimentos e bebidas, chegando à previsão de um aumento de até 32% nas vendas até 2021. Com a mudança de hábitos, geradas pelo coronavírus, este percentual deverá ser muito maior a partir de agora.

Comércio eletrônico e uso das mídias fomentam negócios variados

Sem poder ir a shoppings e outras lojas físicas, os consumidores procuram vorazmente o comércio eletrônico, todos os dias, começando pelos produtos básicos e descobrindo novas possibilidades de acesso. 

  Como devo fazer para vender online?

Crianças e idosos passaram a acessar plataformas de EAD (Ensino à Distância), fazer videoconferências e as compras online só aumentam. Em casa e com tempo na nova rotina, compram desde produtos alimentícios, farmácia, até pesos de academia. 

Enquanto McDonald’s, Starbucks e outras grandes marcas também sofrem o baque e tentam, desesperadamente, manter suas portas abertas com o delivery. Assim, muitas marcas já ganham muito, vendo seus produtos se esgotarem ao meio à turbulência mundial. 

Com o isolamento devido a pandemia, vendas de mercado e itens de saúde pela internet crescem até cinco vezes, segundo reportagem da revista e portal Exame.

Materiais esportivos, de suplementos e farmácias também mantém aumento nas vendas online. Na startup Eu Entrego, há cerca de 80.000 entregadores cadastrados. No Mercado Livre, as categorias de saúde, cuidado pessoal, alimentos e bebidas cresceram de 15% se comparado ao mês todo de fevereiro deste ano. Em comparação com a primeira quinzena de março do ano passado, o crescimento foi de 65%. 

Assim como os consumidores responderam rapidamente, à crise, esta pode ser uma grande oportunidade para que os varejistas ajustem suas operações de comércio eletrônico e entrem de vez na transformação digital.

Muitas empresas, ao perceberem o cenário do futuro, já fizeram isso. Adaptaram suas operações e formato de entrega, apostando no e-commerce. Isso vale para diversos segmentos de mercado e começando pela divulgação das suas marcas na net. 

Como dar seus primeiros passos

1. Como dar os primeiros passos em vendas online

Se você é um autônomo ou microempresa, poderia começar a testar vender online seus produtos ou serviços, usando soluções como PagSeguro e Whatsapp. É fácil vender pelas redes sociais e WhatsApp com o PagSeguro, pela praticidade, facilidade e segurança na hora de receber ou pagar produtos e serviços com o link de pagamento. Uma solução que funciona bem pra quem compra e pra quem vende online.

  2019 obrigado

Com o PagSeguro, os links de pagamento são ilimitados e podem ser compartilhados nas redes sociais, e-mail, SMS e blog ou site. Para criar o link,, sua empresa não precisa ter site, nem maquininha e o link pode ser criado em alguns cliques. Assim, pode manter seu faturamento em dia, agora e no futuro. 

Com outras ferramentas, como o  PagVendas, você pode ter o braço direito que precisava para gerenciar seu negócio. Este sistema de gestão pode ser um jeito novo de cuidar da sua empresa e realizar tarefas simples, mas muito importantes no do dia a dia do pequeno empresário, como emitir nota fiscal, controlar o contato dos clientes e as vendas que ainda não caíram o pagamento.

Com a ajuda do PagVendas, seu negócio pode entrar de vez na era das vendas digitais, atingindo todos os tipos de clientes. Baixando o app, você pode começar suas vendas como uma loja online, de um jeito prático e rápido. Pode ser um novo jeito de vender e explorar novas oportunidades para o seu negócio. 

A venda online para qualquer tipo de produto é uma realidade que não tem volta. Você só precisa se dar conta disso e participar deste mercado. Agora é com você. Pra começar, veja como o Pagseguro pode ajudar!

2. Para empresas que querem construir um canal de vendas online


Para algumas empresas é preciso ter uma loja virtual para controlar o estoque, cálculo de fretes e ainda poder se integrar ao seu sistema de gestão. Neste caso, uma loja virtual com a identidade da sua empresa e estratégias de marketing digital direcionadas ao seu público e aos problemas que seus produtos resolvem é mais eficiente que ficar vendendo um para um no Whatsapp.

  Saiba como planejar suas ações de Marketing Digital para 2019

Você ainda tem as vantagens de integrar sua loja a soluções como Google Shopping e Marketplaces para aumentar mais as vendas.

Então a decisão envolve escolher uma plataforma (locação ou proprietária) e traçar um plano de ações.

A verdade é que a crise do Coronavírus acelerou ainda mais a transformação digital e mudará para sempre a forma como nos conectamos, compramos, vendemos e trabalhamos. A discussão aqui é estar preparado para as grandes mudanças e futuro dos negócios. algo que nem todos estavam. Mas, é possível reagir rapidamente neste momento. 

Tem sido uma mudança e tanto para todos. Uma situação sem qualquer precedentes, mas que exige respostas rápidas para sobreviver, inclusive nos negócios.

Temos como propósito ajudar sua empresa a migrar para as plataformas de venda e divulgação digital. Há diversos modelos para isso dentro do marketing digital. 

Acompanhe nossos esforços:

Gostou? Então leia outro conteúdo sobre vendas digitais que preparamos pra você: Grandes marcas disputam na revolução do e-commerce após coronavírus.

Deixe um comentário

2019 obrigado

Foram milhares de cafés. Não dá pra acompanhar esta métrica.No Google Ads, 1.121.533 viram os anúncios dos nossos clientes…69.019 cliques gerando muiiito tráfego de visitantes aos sites40.557 leads+10 milhões de

Receba conteúdos antes de todo mundo

Para começar...